28 de jul de 2016

Sua fotografia não pode ser passageira.

Infelizmente, a profissão fotógrafo aqui no Brasil não é muito valorizada, e um dos motivos em que essa profissão não é valorizada é pelo simples fato das pessoas acharem que é fácil, porém não é bem assim que o negócio funciona. Em um atual estado de crise há muitas pessoas aproveitando para conseguir dinheiro rápido e fácil comprando uma câmera sem ao menos estudar o que o equipamento lhe oferece e criando páginas no Facebook ofertando serviços por um preço "de banana" sem ao menos ter conhecimento do que realmente é trabalhar com fotografia, e o principal, trabalhar com cliente e tudo o que envolve a parte burocrática da coisa.
Quando comecei a trabalhar com isso, fui aprimorando meus estudos e vendo que não era nada fácil, o começo em si não é fácil e demorei um pouco para conseguir uma clientela boa, hoje, depois de ter algumas experiências vi que nada é fácil realmente. Trabalhar nesse ramo vai muito mais além do que fazer um ensaio fotográfico e jogar na página do Facebook "Fulano Photography".
Creio que grande parte dos fotógrafos, trabalham com o conceito de empreender e fazer crescer o ramo, tem que ter planejamento, buscar referências, saber administrar, bastante estudos de técnicas e tudo mais. Este ramo cresce a cada dia e isso não há dúvidas, tem bastante profissional no mercado ótimo e que sabe trabalhar bem, mas por outro lado existe "certos profissionais" que estão de passagem na profissão pois desiste no primeiro obstáculo ou porque acha que fotografia é só mais um "bico" que dá para conseguir um dinheiro extra. 
Eu escolhi viver disso, e sei que muitos também escolheram, tem gente que acha que não dá pra ganhar dinheiro e fazer negócio com isso. Acredite, demora um pouco de início mas dá sim, é claro que, não é uma coisa que dá pra se tornar milionário, mas dá pra você ganhar um dinheiro que dá pra suprir suas necessidades e investir ainda mais.
Por isso que eu digo que a fotografia não pode ser passageira. Passageira porque tem gente que desiste logo e acha que não vai dar certo, e porque também tem gente que acha que fotografar é uma segunda opção que só serve pra ter uma renda a mais. Fazer ensaios e outros serviços fotográficos e só pensar no retorno financeiro não é ser fotógrafo e muito menos profissional, amor ao que se faz é o essencial, pois os resultados influênciam muito quando gostamos ou não do que fazemos.


Durante essa semana e a outra, postarei mais sobre fotografia, pois irei completar 3 anos de carreira, e pra comemorar nada mais justo do que dividir com leitores que amam essa arte alguns posts incríveis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário