27 de fev de 2016

Minhas tattoos

Oi oi gente, finalmente mais um post aqui no blog.
Hoje vim falar de um assunto que sei que muita gente gosta. Vim contar um pouco das minhas tatuagens, como foi fazer a primeira, minhas experiências, dor, arrependimento, enfim...


A primeira

Sempre tive vontade de fazer uma tattoo, porém eu tinha certeza que meus pais não iriam assinar a autorização para menor, na verdade nem se pode se for um estúdio sério de tatuagem. Ao completar 18 anos uma das primeiras coisas que fiz foi fazer a minha primeira tatuagem. Eu sempre tinha em mente que queria tatuar uma câmera ou algo que simbolizasse o meu amor pela fotografia, foi dai que tive a ideia de montar um desenho exclusivo que eu não tinha visto igual em lugar nenhum. Então tatuai no braço uma câmera bem delicada com a palavra fotografia, pois além de registrar um amor que eu tenho pela profissão foi um marco na minha vida profissional e pessoal também, foi onde comecei a minha faculdade de fotografia e onde começou a surgir mais trabalhos fotográficos. 
Juro que no dia não estava com medo da dor, aliás eu estava mais ansiosa do que medrosa. Com relação a dor eu esperava que doesse mais, só senti pequenos arranhões na pele, foi super tranquilo.

A Segunda 

Confesso que a segunda eu fiz logo em seguida que cicatrizou a primeira. Queria fazer algo em homenagem a alguns membros da minha família que sempre me apoiam e nunca me deixaram na mão, aos meus pais, irmã e aqueles que posso contar realmente. Por conta de algumas veias que ficam no braço essa doeu um pouco mais, principalmente no meio.




A terceira

Eu estava com dúvidas sobre o desenho que ia fazer na terceira, pois estava entre dois. Gostaria muito de algo que representasse algo da cultura Japonesa e a minha imensa vontade de ir para lá, resolvi tatuar um tsuru de origami pra representar isso, além de prosperidade e paz.



Alguns cuidados

Os cuidados recomendados pelos profissionais tatuadores é manter longe por alguns dias alguns alimentos que podem dar reação na tatuagem (como carne de porco, ovos e até chocolate). Sempre estar passando pomada cicatrizante a base de dexpantenol, auxilia na regeneração da pele cicatrizando mais rápido e não coçar e pegar sol forte de forma nenhuma.
Sobre a dor vai depender de pessoa pra pessoa, na minha primeira eu não senti quase nada, mas na última senti um pouco de dor em algumas regiões das costas. O nervosismo influencia também, então se estiver pensando em fazer, relaxe.

Tatuagem é pra sempre, e ela vai refletir nas suas escolhas, é algo que tem que fazer com certeza e não tem volta, então pense bem antes de tudo. E uma coisa é fato, vicia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário