23 de jul de 2014

Resenha: O lado bom da Vida

oi oi gente, resolvi finalmente resenhar este livro muuuuuuito lindo que eu li. Comprei ele no dia do meu aniversário como presente pra mim mesma (amor próprio é tudo), e confesso que a capa dele me atraiu muito, como se o livro falasse pra mim: me compre, me compre ~risos~.
Então vamos a resenha...


Autor do Livro: Matthew Quick. Ano de lançamento: 2013
O livro tem 254 páginas

Um pouquinho da história: O livro é narrado por Pat Peoples (o personagem principal da história) que tem 30 anos e que foi internado em uma clínica psiquiátrica e que não se lembra dos acontecimentos que levaram e ele a internação. A única coisa que ele se lembra é que sua esposa Nick quis que eles ficassem um "tempo separados".
Ele tentando voltar a realidade tenta entender tudo o que aconteceu e conviver com suas dificuldades psíquicas, e ainda conviver com o pai que quase nunca fala com ele, a esposa se negando a revê-lo e os amigos evitando dizer o que aconteceu antes da internação, mas Pat está determinado a organizar sua vida, e reconquistar Nick, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.


Minha opinião: Primeiramente não se trata de uma leitura ágil, a narrativa em si é um pouco lenta pois o livro é como se fosse o diário de Pat Peoples, e acho que essa é realmente a intenção, até porque o personagem sofre de problemas psicológicos, o que se torna bem perceptivo durante a leitura já que Pat tem um comportamento bipolar. Confesso que fiquei muito surpreendida a cada capítulo, todos os personagens foram bem pensados, principalmente Tiffany, uma mulher meio problemática e depressiva mas que tem suas qualidades, tanto no livro como no filme.
O único incômodo que tive na leitura foi que em alguns capítulos existe narração dos jogos de futebol americano, mas é preciso ler pra entender a história, obviamente.
Sem dúvida este livro está no segundo lugar dos livros que mais gostei de ler, que me conquistou pela forma de como os personagens enxergam a realidade, de que sempre se tem o lado bom das coisas, isso se torna inspirador para os leitores e emocionante a cada capítulo do livro.
E uma boa dica que dou é sempre que possível ler o livro antes de assistir o filme, porque imaginamos nossos próprios personagens, nossos próprios cenários, além disso, o livro sempre conta mais detalhes, o que facilita na hora de assistir o filme. No meu ponto de vista prefiro o livro do que o filme, que por sinal me decepcionou bastante, mais isso é só um ponto de vista, vai de pessoa pra pessoa de achar melhor o livro ou o filme.

Super recomendo "O lado bom da vida", o final do livro é de surpreender!



Nenhum comentário:

Postar um comentário