14 de ago de 2013

Crônica de um cabelo colorido

Sempre fui de inovar, e o meu cabelo foi algo que sempre testei coisas novas. Mania das minhas mechas coloridas começaram no final da sétima série, minha mãe foi sempre liberal com essa questão de mudar o visual do cabelo e colocar piercings (apesar de que só tenho dois piercings até agora), já meu pai não fala nada, é bem na dele quando a questão é sobre meu cabelo. Já tive várias cores, testei vários produtos, até os não produtos de cabelo ~que deram super certo~. E nesses quase 3 anos de cabelos coloridos, já cortei, pintei de preto, hidratei, descolori de novo e por aí foi indo...
Na escola sempre tive apelidinhos relacionados a minha cor do cabelo, não considero isso até hoje como bullying, levo na maior brincadeira. Recebo elogios de algumas meninas e até garotos, não me importo com críticas e acho que o mais legal é quando eu ignoro, me sinto bem com o meu cabelo e é isso que importa.
A primeira cor que eu pintei foi azul, queria testar aqueles tonalizantes, depois fui testando a cor roxa, azul de novo e fui descobrindo tons cada vezes mais bonitos, e até que hoje cheguei no verde-limão.
Tem gente que acha que é pura modinha, particularmente pra mim não é, confesso que adoro ousar de cabelo anormais, me sinto padronizada se deixo meu cabelo castanho ou todo preto, se bem que ás vezes dá um enjoo agudo e dá vontade de tirar o colorido!
Nunca fui de ir ao salão passar horas e horas lá pra sair de lá com o cabelo diferente, faço isso em casa mesmo, passo horas e horas, e até acho melhor fazer em casa mesmo pois eu mesma sei do jeito que quero sem explicar nada pra nenhum cabeleireiro, e é por isso também que meus pais vivem falando das manchas de tinta que eu deixo pelo banheiro e nas toalhas.  Sempre me perguntam se meu cabelo estraga com tanta descoloração e tinta, obviamente que sim, como todo cabelo que passa por um processo de transformação a cada um mês ou meses, mais sempre procuro gastar um pouquinho em shampoos bons e cremes. Já passei por cada desespero pós descoloração, até lembro de uma certa vez que meu cabelo ficou elástico e tive que fazer milagre, nunca tive corte químico até hoje, mais receio que isso pode acontecer se eu abusar muito de um pó descolorante. Sobre minhas inspirações da forma de como vou pintar, às vezes tiro alguns modelos da internet ou analiso no espelho e penso como iria ficar legal um colorido degradê (como está atualmente). Comecei a gostar de cabelos coloridos quando eu curtia muito a Avril Lavigne, que na época tinha uma mecha pink, a partir daí que fiquei louca, porém só fui começar com essa onda quando os tonalizantes chegaram nas lojas, então foi ai que pintei de azul. Amo azul mais confesso que verde fica muito lindo no meu cabelo, são tantas cores que ainda quero pintar...Hoje já não uso mais tintas fantasias que são próprias para pintar o cabelo, uso outras formas malucas de chegar numa cor que quero, e isso faz me sentir com uma alto estima muito grande, amo meu cabelo (quando ele me obedece, rs) e não faço por modinha, pois uma vez que se faz mechas coloridas...pra sempre mechas coloridas! Vicia...



Se tiverem alguma dúvida ou pergunta, deixem nos comentários que vou responder! beijinhos 







6 comentários:

  1. Lindo seu cabelo. Super diferente dos padrões! Estilo puro. Bjs

    robertagouveiamakeup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Roberta ' beijinhos
      visitarei seu blog

      Excluir
  2. Que piercings vc tem Lari?

    ResponderExcluir
  3. man amo seus posts,m principalmente seu cabelo, tenho a maior vontade de fazer loucuras, porém o medo é imensoooo, não mde que os outros não gostem, mas de eu msm achar super estranho e não gostar:/ mas acho que logo logo meu belo vai ter CORES rs,m parabéns pelas postagens ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Suh, faz siim, vai ficar lindo no seu cabelo!

      Excluir